quarta-feira, 10 de novembro de 2010

DE ONDE VIERAM OS ESCRAVOS AFRICANOS

Os negros escravos que vieram para o Brasil saíram de vários pontos do continente africano: da costa ocidental, entre o Cabo Verde e o da Boa Esperança; da costa oriental, de Moçambique; e mesmo de algumas regiões do interior. Por isto, possuíam os mais diversos estágios de civilização. O grupo mais importante introduzido no Brasil foi o sudanês, que, dos mercados de Salvador, se espalhou por todo o Recôncavo. Desses negros, os mais notáveis foram os iorubas ou nagôs e os geges, seguindo-se os minas. Em semelhan_ te estágio de cultura encontravam-se também dois grupos de origem berbere-etiÓpica e de int1uência muçulmana, os fulas e os mandês. Mais atrasados do que o grupo..sudanês estavam os dos grupos da cultura chamada cultura banto, os angolas, os congos ou cabindas, os benguelas e os moçambiques. Os bantos foram introduzidos em Pernambuco, de onde seguiram até Alagoas; no Rio de Janeiro, de onde se espalharam por Minas e São Paulo; e no Maranhão, atingindo daí o Grão-Pará. Ainda no Rio de Janeiro e em Santa Catarina foram introduzidos os camundás, camundongos e os quiçamãs.


Os bantos encontravam-se na fase do fetichismo - adorando árvores e símbolos toscos, no sistema da propriedade coletiva - com uma rudimentar organização de família - e do governo patriarcal.
Dos portos onde os negreiros desembarcavam, os negros eram, depois de vendidos, transportados para as fazendas do interior. De Recife, eles chegavam até Alagoas; do Rio, eram levados para Minas e São Paulo; de São Luís do Maranhão, atingiam o Grão.Pará; e de Salvador, todo o Recôncavo.

19 comentários:

  1. eu amei pois assim mim ajudaram muito no meu trabalho

    ResponderExcluir
  2. gostei demais vou tirar nota dez no meu trabalho...

    ResponderExcluir
  3. A escravidão existe até hoje , só não vê quem não quer

    ResponderExcluir
  4. Mas que texto mais eurocêntrico: "escravos que vieram para o Brasil", "estágios de civilização", "grupo mais importante", "negros mais notáveis", "estágio de cultura", "mais atrasados", "fase do fetichismo", "rudimentar organização de família", mas como que um blog que se propõe a falar sobre os negros no Brasil publica este texto do início do século passado sem nenhuma análise crítica deste tipo de discurso?
    Olha a responsabilidade! Esses adolescentes aí que fizeram seus trabalhos de escola estão reproduzindo estas asneiras pseudo-científicas. Me admira seus professores darem 10 por isto. Se bem que a escola só sabe é reproduzir o status quo branco, eurocêntrico e cristianocentrado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para:Bábá
      se você não estivesse enteressado não teria abrido á página se ela não serve para você é só você sair dela

      Excluir
    2. Para:Bábá
      se você não estivesse enteressado não teria abrido á página se ela não serve para você é só você sair dela

      Excluir
    3. Concordo com você em tudo, Bàbá Hendrix.
      O escritor racista espalha crueldade é burrice com esse texto.

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  5. kkkk baba tu e chato se ta ruim faz um site seu e bota o certo

    ResponderExcluir
  6. tirei 8,5 em geografia graças a esse site ^^
    u

    ResponderExcluir
  7. tirei 8,5 em geografia graças a esse site ^^
    u

    ResponderExcluir
  8. kkkk baba tu e chato se ta ruim faz um site seu e bota o certo

    ResponderExcluir